Saiba mais sobre as áreas onde os Grandes Dados podem ser alavancados para a indústria
O big data é um termo da nova indústria 4.0, que representa grandes volumes de dados produzidos diariamente pelas organizações que se caracterizam por serem complexos, muito rápidos e sem estrutura definida, dificultando para capturar e gerenciar. Esses dados exigem que outros sistemas mais especializados sejam analisados ​​e obtenham insights importantes que levem à tomada de decisões estratégicas ou à identificação de áreas de oportunidades e problemas dentro dos processos para melhorar sua eficiência. Esta tecnologia pode ser aplicada em diferentes indústrias devido a sua grande adaptabilidade a diferentes processos e aspectos dentro das organizações. Com grande participação nas seguintes áreas: Cadeia de Suprimentos Graças a essa tecnologia, a logística da cadeia de suprimentos pode ser otimizada nas organizações, que estabelecendo as métricas adequadas e o suporte de outras tecnologias podem obter controle de estoque, ajustar fluxos de distribuição e rotas de transporte, além de influenciar na atenção dada aos clientes. Processos de produção. O big data possibilitaria obter informações sobre todo o processo produtivo, desde a aquisição da matéria-prima até a entrega do produto ao consumidor final. Por ter informações de todo o processo, ele pode ser combinado com outras tecnologias como inteligência artificial para detecção precoce de paralisações ou manutenção preditiva, levando à melhoria da funcionalidade da planta. Controle de qualidade A adição de sensores e outros dispositivos como câmeras ou medidores que coletam informações para monitoramento do produto durante o processo produtivo é uma das formas de controlar a qualidade, por meio do estabelecimento de indicadores que sinalizam tempos, status e propriedades do produto. Big data oferece uma ótima referência para reconhecer áreas de oportunidade dentro das organizações, saiba como você pode começar a coletar seu big data, entre em contato.